O momento de darmos as mãos

Olá ser de Luz.

Tudo bem?

Trago hoje mais uma reflexão muito interessante para vocês.

Estamos passando em um momento muito especial. Neste exato momento observamos que existe uma energia muito sutil, silenciosa, calma e oculta vem inundando a vida de muitas pessoas. Algo que faz com que você comece a notar mais o seu interior do que o exterior. Como se o que ocorre no mundo exterior não te pertencesse mais e você começa a sentir que não faz mais parte deste sistema.

Isso tudo acontece exatamente quando o planeta passa por situações adversas, por vivências que chegam a chocar muitas pessoas pela forma como são tratadas. Aqui não estou dizendo apenas sobre as guerras, violência, corrupção. Mas sim toda forma onde o EGO assume o controle.

Sabemos que os tempos mudaram e que você não aceita mais esse formato com o qual você toma contato na mídia. Vendo pessoas, que ao invés de se ajudarem, compartilharem seus conhecimentos, suas virtudes e o seu amor, acabam brigando um com o outro por possuírem divergências de pensamentos.

Gostaria aqui de fazer um pedido para você. Que ao se deparar com uma situação divergente aos seus preceitos você pare por um segundo e respire profundamente e deixe o julgamento de lado. Então se coloque no lugar da pessoa ou da situação que você está se deparando e veja como esta divergência poderia trazer um benefício enorme para o seu desenvolvimento ou para o desenvolvimento de uma comunidade, de uma cidade, país e até mesmo do nosso amado planeta.

Talvez seja melhor dar um exemplo para facilitar o entendimento. Nosso país, o Brasil, passa por um momento de grandes transformações políticas. De um lado temos o pessoal da esquerda e do outro o pessoal da direita. Cada um defendendo a sua “verdade” e dizendo que a “verdade” do outro é totalmente errada.

Bom, certo ou errado é uma questão que não deveria ser colocada nesta discussão, até porque como podemos ver, essa forma de atuação está levando a conflitos entre pessoas, onde muitas vezes ocorrem violência, ferimentos, depredação de bens públicos e privados entre tantos outros males individuais quanto coletivos. E quanto mais isso ocorre mais a energia de violência e “guerra” se instaura e quem acaba sofrendo as consequências é o cidadão e o Brasil.

A sugestão que faço para você neste instante é parar de defender o seu lado ou de criticar o lado do outro e neste momento dar as mãos em prol da sociedade, do Brasil, do planeta. Começar a gerar uma consciência de país honesto, seguro, abundante, repleto de empregos e com um povo unido, alegre e saudável.

Viva isso, do seu interior. Faça a sua parte que o próprio universo, comandado pelas energias da LUZ, irão se encarregar de manifestar estas energias de honestidade, saúde, alegria, segurança, abundância, com empregos, projetos, trabalhos e negócios para todos.

Sinta como o planeta é abundante e que esta abundância está disponível para todos.

Faça esse exercício com as outras situações que você vê na mídia. Chegou a hora de nos unirmos em prol de um planeta melhor para nós, sim, vamos parar de falar que precisamos deixar um planeta melhor para nossos filhos e fazê-lo melhor para nós mesmos. Nós merecemos viver em um lugar maravilhoso, cheio de bênçãos. Nós merecemos viver no paraíso, pois somos especiais. Escolhemos descer neste planeta para Co-Criar um mundo repleto de LUZ para nós mesmos. Este é o momento de subirmos ao próximo nível.

Que a partir de hoje você se junte a mim e a todos que estão nesta jornada e comecemos a criar a realidade que sonhamos desde crianças. Um mundo repleto de AMOR, ABUNDÂNCIA, SAÚDE, PROSPERIDADE, LONGEVIDADE, ALEGRIA, PAZ e UNIÃO.

Deixo abaixo um texto muito bonito que recebi e me auxiliou a escrever esta reflexão:

“Eu venho de lá, onde o bem é maior. De onde a maldade seca, não brota. De onde é sol, mesmo em dia de chuva e a chuva chega como benção. Lá sempre tem uma asa, um abrigo para proteger do vento e das tempestades. Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato, água de rio logo ali e passarinho em todas as estações. Eu venho de um lugar em que se divide o pão, se divide a dor e se multiplica o amor. Eu venho de um lugar onde quem parte fica para sempre, porque só deixou boas lembranças. Eu venho de um lugar onde criança é anjo, jovem é esperança e os mais velhos são confiança e sabedoria. Eu venho de um lugar onde irmão é laço de amor e amigo é sempre abraço. Onde o lar acolhe para sempre, como o coração de mãe. Eu venho de um lugar que é luz mesmo em noite escura. Que é paz, fé e carinho. Eu venho de lá e não estou sozinho, “SOU CATADOR DE LINDEZAS”, sobrevivo de encantamento, me alimento do que é bom, do bem. Procuro bonitezas e bem querer, sobrevivo do que tem clareza e só busco o que aprendi a gostar. Não esqueço de onde venho e vou sempre querer voltar. Meu lugar se sustenta do bem que encontro pelo caminho, junto a maços de alfazema e alecrim. Assim, sou como passarinho carregando a bagagem de bondade, catando gravetos de cheiro, para esquentar e sustentar o ninho… Talvez a vida tenha feito você acreditar que este lugar não existe. Te digo: tem sim, é fácil encontrar. Silencie, respire, desarme-se, perceba, é pertinho. Este lugar que pulsa amor é dentro da gente, é essência, está em cada um de nós. Basta a gente buscar.”

É isso que a Kabbalah nos ensina. Sermos responsáveis pelas nossas atitudes e por Co-Criar um mundo melhor, mas não para os outros, pois se pensarmos assim este mundo jamais chegará. Então vamos nos unir e CRIAR este novo planeta para nós.

Conto com a sua energia nesta jornada repleta de AMOR!

Um forte abraço de LUZ!

Bruno Amiky Wurker

4 thoughts on “O momento de darmos as mãos”

  1. O silencio diz tudo isso que está escrito e muito mais, e certo fazer o agora, temos que fazer para nos, que muitos desfrutarão no presente e no futuro. amem.

    1. Amém Carlos. Juntos criamos uma consciência de AMOR e LUZ que irá mudar a nossa realidade agora. Um abraço de LUZ no seu coração.

    1. Oi Angela, com certeza. O primeiro passo é mudarmos a consciência coletiva (neste caso utilizando a mesma teoria dos 100 macacos). E paralelo aos pensamentos temos que ir para a ação. Viver cada instante sentindo o paraíso na terra. Abraços de LUZ!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *