Kabbalah – A origem do universo e a nossa relação com a criação.

No princípio, havia apenas LUZ/ CONSCIÊNCIA – o AIN (nada)! Alguns chamam esta LUZ/ CONSCIÊNCIA de D’Eus (união de vários Eus), de Energia, Maomé, Alá ou como queiram chama-la. Vamos chama-la aqui de LUZ! (AIN SOPH – Mundo ilimitado).

Esta LUZ se expandia no infinito. Ela contém tudo que possamos imaginar. Uma energia de AMOR INCONDICIONAL.

Seu maior propósito era o desejo de compartilhar infinitamente suas virtudes. Para isso, a LUZ criou um RECEPTBigBangÁCULO/ RECIPIENTE, onde sua natureza primordial era o infinito desejo de receber.

E assim existia o equilíbrio. A LUZ se expandia e doava sua energia, e o RECEPTÁCULO a recebia, em perfeita
harmonia do ser (AIN SOPH AUR).

Mas, um dos atributos que o RECEPTÁCULO estava recebendo da LUZ era o desejo de COMPARTILHAR! E então o RECEPTÁCULO retém a entrada da LUZ, freando assim o fluxo de energia. Este fato ocorreu a aproximadamente 15 bilhões de anos e é o que os cientistas chamam de Big Bang, que deu origem a toda a matéria existente. Os espiritualistas chamam este fato de “livre arbítrio”.

Ao brecar a entrada de LUZ e eliminar toda a energia que continha dentro de RECEPTÁCULO um vácuo foi criado, e neste vácuo é que se deu origem a que chamamos de tempo e espaço.

Esta explosão também fez o receptáculo se estilhaçar em infinitas partículas que deram origem aos universos e a todas as matérias visíveis ou não. Inclusive a nós, seres humanos.

O grande objetivo por trás disso é que o RECEPTÁCULO não queria apenas receber a LUZ com todos os atributos. Ele queria também criar e ser merecedor de suas conquistas.

Mas imagine um copo cheio de leite. Agora vire-o na pia. O que acontece? Repare que o fundo do copo ainda contém um pouco de leite. E este pouco é representa o desejo de RECEBER SÓ PARA SI MESMO! Este pouco é o que muitos dizem ser o 1% da matéria existente, que nos aprisiona no mundo. Quanto mais reagimos à uma situação, mais ficamos presos ao ato de receber, criando o caos em nossas vidas (doenças, miséria, problemas de relacionamento, entre outros). Já quando somos proativos e compartilhamos, damos um passo em prol da nossa evolução, abrindo espaço para mais e mais LUZ entrar em nossas vidas.

Mas o que tudo isso tem a ver com a Kabbalah?

Bom, a palavra Kabbalah vem do verbo KABAL, que significa RECEBER! Então…

Kabbalah é o ato, a vontade, o desejo de receber a LUZ para compartilhar, como um meio de desenvolvimentoCompartilhar espiritual.

Kabbalah é um método científico, testado, empírico para alcançar a espiritualidade enquanto vivendo aqui neste mundo. A Kabbalah ilumina e descreve as leis do mundo espiritual e por mais de 2.000 anos ficou envolta em mistério e agora está sendo revelada à humanidade.

O que iremos aprender aqui neste site e nas redes sociais, é como colocar as ferramentas da Kabbalah no nosso dia a dia, para que possamos ter uma vida mais saudável, próspera e feliz. Como aplicamos estas energias em situações do dia a dia, de uma forma simples para que você encontre seu caminho de evolução, tenha uma vida mais saudável, sem doenças. Realize seus sonhos e encontre a felicidade.

Quer saber qual foi minha trajetória até a Kabbalah? Clique aqui.

Até o próximo post.

Seja muito bem-vindo(a).

Bruno Amiky Wurker

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *